terça-feira, 28 de setembro de 2010

O que eu aprendi sobre o amor, filho, é que ele é feito de faltas e presenças. E que nenhuma das duas pode faltar. Aprendi que o amor é feito de liberdade. É como ter, todos os dias, muitas outras opções. E ainda assim fazer a mesma livre escolha.
[Cristiana Guerra]

Nenhum comentário:

Postar um comentário